Trabalhar na faculdade? Conheça as oportunidades!

Confira as vantagens e desvantagens de trabalhar na faculdade e qual é a melhor opção: Estágio? Emprego fixo? Freela? Empresa Jr.? Voluntário?

.

Trabalhar ou estudar na faculdade, eis a questão! Acho que até mesmo o poeta inglês William Shakespeare, consagrado por investigar os questionamentos humanos, talvez também tivesse dificuldade para responder essa questão. Do lado de cá do Atlântico, passar o dia inteiro no trabalho e estudar à noite não é tarefa das mais fáceis, mas configura uma realidade e necessidade de boa parte dos brasileiros.

Se você tem dilemas como “Devo trabalhar?”, “Dá para conciliar com a faculdade?”,  “Estágio, freela ou emprego fixo?”, continue lendo esse post e abra sua cabeça 😉 .

Perfil do Jovem no Mercado

 .

Qual o trabalho ideal para mim?

São tantas as variáveis para escolher a melhor opção que nós resolvemos ajudar você a diferenciar cada um dos tipos de trabalho: ESTÁGIO, EMPREGO FIXO, TRABALHO NA FACULDADE, TEMPORÁRIO/FREELA e TRABALHO VOLUNTÁRIO. Leia seguir vantagens e desvantagens de cada um:

.

ESTÁGIO

Bom, esta parece ser a opção mais óbvia para conciliar com a faculdade, mas não é a única. Se você pode valorizar mais o estudo do que o salário, o estágio pode ser a opção ideal para começar sua carreira.

Além da experiência na área, o estágio representa a chance de aprender com profissionais mais experientes que podem ajudá-lo a crescer. Por isso, a importância de escolher empresas que possuam a cultura de investir na formação de pessoas.

(+) Vantagens:

  • Adquirir experiência na área desde a faculdade.
  • Aprender os conceitos, facilidades e dificuldades da sua profissão na prática.
  • Facilita os caminhos a serem percorridos depois de terminar a faculdade, como: para que área você deve seguir, em que quer se especializar e o que gosta de fazer.
  • Menor carga horária e consequentemente maior flexibilidade para a rotina de estudos (6 horas diárias é o período estipulado pela Nova Lei do Estágio, de 2008).
  • Em alguns casos, contam com programas especiais de treinamento, mentoria e aceleração de jovens talentos.
  • Não tem vínculo empregatício.

(-) Desvantagens:

  • Os salários costumam ser abaixo da média salarial da área, ou seja, aderindo a este modelo de trabalho, pode ser que você precise complementar a renda para custear seus gastos.
  • No início suas funções podem ser bastante operacionais e trazer menos conhecimento estratégico.

Depoimentos: 

Para a Analista de Recursos Humanos, Vivian Felix, a experiência de estagiar durante o curso fez toda a diferença: “Entrei na empresa sem nenhuma experiência na área. O estágio foi minha escola, poder aprender com profissionais me proporcionou o aprendizado que eu precisava para construir minha carreira”.

Muitas empresas oferecem programas estruturados de estágio. A revista Você S/A listou, no ano de 2014, as melhores empresas para começar a carreira e, dentre elas, estão: Kimberly Clark, 3M, Accenture (indicada como a melhor porta de entrada para estagiários), AMBEV, DM9DDB, Grupo Boticário, Banco Bradesco, Unimed e por aí vai. Fique de olho nas oportunidades!.

10 MELHORES EMPRESAS PARA INICIAR A CARREIRA

.

EMPREGO FIXO

O próprio nome já diz tudo: o emprego é fixo e isso tem prós e contras. Essa escolha é ideal para quem tem uma rotina de estudo mais flexível e dificilmente pode ser conciliada com uma faculdade integral. A parte boa é garantir uma renda mais significativa, além de valorizar seu currículo:

 (+) Vantagens:

  • Maiores responsabilidades.
  • Possibilidade de explorar mais o lado estratégico e ter mais poder de decisão em uma empresa.
  • Normalmente traz mais segurança que uma vaga de estágio.
  • Abre mais portas para indicações e promoções futuras.
  • A remuneração, em geral, é mais alta que em um estágio.
  • Prevê contratação pelo regime CLT, que tem como benefícios o 13º salário, férias remuneradas, aviso prévio em caso de demissão, entre outros.

(-) Desvantagens:

  • A carga horária costuma ser bem mais extensa que em um estágio.
  • Você precisa cumprir determinadas regras, metas e horários que podem competir com a dedicação esperada nos estudos.
  • As chances de conseguir um emprego fixo na área que está estudando são menores.
  • Gera vínculo empregatício e, portanto, o contratado tem algumas obrigações legais.

Depoimentos:

Tania Casado, professora de gestão de carreira da FIA, diz que ao optar por um emprego fixo durante a faculdade, o aluno deve buscar maneiras alternativas de vivenciar as experiências em sua área em projetos experimentais ou trabalhos extras. O contato com professores é uma excelente porta para o mercado de trabalho”, ela destaca.

.

TRABALHO NA FACULDADE (empresa júnior, entidades universitárias, etc)

Você sabia que as faculdades normalmente oferecem empregos com horários mais flexíveis? Você pode trabalhar na empresa Jr. ou no setor administrativo, biblioteca, secretaria e várias outras oportunidades.

(+) Vantagens:

  • Conta, assim como o estágio, como uma oportunidade de trabalho na área.
  • Geralmente, não é preciso se deslocar pois as empresas da faculdade são associações civis montadas dentro das instituições.
  • A liberdade de atuação costuma ser maior que em um estágio, já que, em boa parte dos casos, os próprios universitários é que comandam as instituições.
  • Com este modelo hierárquico, é possível obter uma experiência em liderança e gestão ainda na faculdade.
  • Conta com o apoio de gestores e professores da instituição de ensino, normalmente garantindo menor pressão e responsabilidade que no mercado de trabalho tradicional.

(-) Desvantagens:

  • Para seu currículo, pode ser menos valorizado que uma experiência em uma empresa do mercado.
  • Nem sempre este tipo de trabalho é remunerado ou, quando remunerado, costuma pagar abaixo do mercado.

Depoimentos:

A aluna de Engenharia de Produção da Universidade Federal de Viçosa, Maise Chaves, foi membro da empresa júnior de sua faculdade. Nesse período, Maise chegou ao cargo de gerente de gestão de pessoas e presidente. “Sinto que estou preparada para um processo seletivo, tenho boas experiências para serem compartilhadas”, conta..

5_Banner conversão_SISU

.

TRABALHO TEMPORÁRIO / FREELAS

Esta também pode ser uma alternativa para experimentar um trabalho sem se comprometer com o longo prazo. Essa pode ser uma boa opção para quem está na dúvida de que área seguir ou precisa juntar dinheiro para viajar, pagar uma dúvida ou ajudar na renda familiar.

As áreas de criação, design, desenvolvimento para web, jornalismo, produção, cinema e mídias sociais são alguns dos exemplos de mercados com grande oportunidade para este tipo de trabalho temporário.

(+) Vantagens:

  • É uma excelente oportunidade para ganhar experiência e ter uma renda extra em períodos com mais tempo livre, como por exemplo as férias da faculdade.
  • Permite controlar o volume de trabalho extra que desejar conciliar com a faculdade.
  • Pode proporcionar um ganho financeiro significativo em pouco tempo.

(-) Desvantagens:

  • Por não caracterizar um contrato fixo, acaba trazendo mais instabilidade, pois não é possível garantir trabalho para o mês seguinte.
  • Depende da demanda do mercado e é rapidamente afetado por momentos de crise financeira no país.
  • Funciona muito por indicação, ou seja, você precisa sempre se manter bem relacionado e ter um bom portfólio de trabalhos anteriores.
  • Nem todas as áreas possuem mercado para freelas.

Depoimentos:

O jornalista Marcel Lourenço já é formado, mas enquanto cursava a faculdade encontrou muitas oportunidades na área para começar a carreira: “Para conseguir freelar ainda na faculdade você precisa conhecer as pessoas certas e se dedicar para construir confiança com quem contrata o serviço. É infinitamente mais flexível, mas também requer cuidados e muito compromisso. É como ser seu próprio chefe.”

.

TRABALHO VOLUNTÁRIO

Apesar de não ser remunerado, pode ser uma ótima opção para quem quer aprender e gerar impacto na sociedade. Algumas ONGs oferecem até planos de carreira e cargos de gestão:

1. AIESEC: uma entidade do terceiro setor que permite plano de carreira, conferências de competências e desenvolvimento profissional em inúmeras áreas: marketing, comunicação, relações internacionais, rh, etc…;
2. Instituto Pró-Cidadania: oferecem treinamentos e planos de desenvolvimento profissional para capacitar os voluntários a atuarem com pessoas com deficiência;
3. Ong Bicho Legal: possuem treinamentos e capacitações para que os voluntários sejam capazes de lidar com poucos recursos e desenvolvam capacidades para lidar com a realidade da adoção de animais;
4. Junior Achievement: os voluntários contam com capacitações e vivência no desenvolvimento de jovens empreendedores. No dia a dia, o voluntariado oferece muito contato com o dia a dia das empresas;
5. Cidadão Pró-Mundo: existe mais de um programa de voluntário. Para o trainee social, por exemplo, é oferecido um programa completo com workshops e oficinas para capacitar o estudante. No caso de um “Volunteacher”, o voluntário também conta auxílio de desenvolvimento e até treinamento pedagógico;

Tudo isso para dizer que, se existe um segredo para crescer profissionalmente, este é a experimentação.

Não perca tempo e arrisque-se em quantas possibilidades puder, já diria o mestre Pitágoras: “com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito”. É bom lembrar que a sua saúde física e emocional não devem ser comprometidas, combinado? Não é papo de gente mais velha, não. Você vai se sentir muito mais disposto e produtivo se dormir bem, comer regularmente e praticar algum exercício físico diariamente, mesmo que isso signifique apenas ir e voltar dos seus destino de bicicleta, por exemplo 😉

.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos! 😉

.

Comentários

Comentários

Simulados ENEM, Simulados FUVEST, Provas Anteriores ENEM, Provas Anteriores Vestibular, Prêmios, MISSU, Missão Universitário, simulados online com gabarito, simulados online ENEM, ENEM 2016, enem provas anteriores, simulado do enem 2015, simulados do enem 2015